Arquivo | junho, 2005

Agora só na Copa!

29 jun

Brasil Campeão da Copa das Confederações!!!

Em cima da Argentina…é bom demais!!!

Valeu Seleção!!!

Orgulho Brasileiro!!!

Anúncios

O dia das Bruxas

27 jun

Halloween e comemorado na noite de 31 de outubro. No aspecto religioso, esta ocasiao e conhecida como a vigilia da Festa de Todos os Santos, dia 01 de novembro. Estudiosos de folclore acreditam que os costumes populares do Halloween exibem tracos do Festival da Colheita, realizado pelos romanos em honra a Pamona (deusa das frutas), e tambem do Festival Druida de Samhain (Senhor da Morte e Principe das Trevas) que, de acordo com a crenca, reunia as almas dos que tinham morrido durante o ano para leva-los ao ceu dos druidas neste exato dia. Para os druidas, Samhain era o fim do verao e o festival dos mortos. 31 de outubro marca tambem o termino do ano celtico.

Feitiço para atrair um amor…

27 jun

Feitiço para fazer uma boa escolha amorosa

Coloque pétalas de rosas secas num saquinho de seda cor-de-rosa, amarre-o. Acenda duas velas cor-de-rosa e diga: "Este ou aquele, tenho que escolher. Deusa, guie minha escolha, para eu não me perder", sinta o suave perfume das pétalas de rosas e use o saquinho junto ao corpo.

Energizando…

27 jun

Massagem Purificadora e Energizante com as Plantas

As plantas são poderosíssimos centros de energia, e até um simples passeio ao bosque ou a uma floresta traz bem-estar. Contudo a massagem e a touch therapy (terapia do toque) feitas com determinadas plantas podem apressar processos de cura e de purificação.

  • Abrace um eucalipto e apóie a testa no tronco, se tiver necessidade de refrescar e acalmar as vias respiratórias.
  • Deite-se e apóie as plantas dos pés em um carvalho adulto, mas não velhíssimo, se quiser entrar em contato com as forças da Natureza e readquirir energias perdidas ou agredidas pelo estresse.
  • Massageie o rosto com folhas de feto, de deseja readquirir o bom humor.
  • Abrace um cipreste, para recuperar-se de uma grande perda, de uma desilusão, ou se os problemas do dia-a-dia o fizerem perder a serenidade.
  • Sente-se embaixo de um limoeiro, se se sentir ameaçado pelas forças negativas.
  • Acaricie seu corpo com uma flor de hibisco, antes de se vestir para um encontro amoroso.
  • Faça uma massagem, suave e lentamente, com um coco, que levará embora energias negativas e reativará suas barreiras energéticas.
  • De manhã cedo, caminhe com os pés descalços em um gramado úmido de orvalho, se quiser reativar a circulação e eliminar resíduos negativos.
  • Passe pétalas de rosas nas têmporas e na testa, se estiver com uma forte dor de cabeça.

A touch terapy é aconselhável que seja feita com a planta viva, não poluída, na primavera e no verão, quando a Natureza está no máximo de sua potência.

Vassouras de bruxas

27 jun

 

As vassouras, são utilizadas em magias e rituais. É um instrumento sagrado tanto à Deusa como ao Deus. Tornou-se um instrumento poderoso contra pragas e contra práticas de magia negra.

Não é errado afirmar que de todos os instrumentos, é a mais conhecida, talvez só perca para o caldeirão, também, pudera, com toda propaganda nos filmes holiudianos…

Mas, não somos só nós, wiccans e o público amante do cinema e das histórias da disney que a conhecem. No México pré-colombiano existia uma espécie de deidade bruxa, a chamada Tlazelteolt, que era representada voando nua sobre uma vassoura. Também os chineses cultuavam e ainda cultuam uma deusa das vassouras que é invocada sempre que os chineses precisam de chuvas.

Apesar das deidades mexicanas e chinesas, não foi por este motivo que as bruxas passaram a ser identificadas com as vassouras, nem por causa dos filmes e histórias, na verdade, passaram a ser identificadas com as vassouras, porque tanto as bruxas como as vassouras eram, na Europa, associadas à magia pelo conhecimento religioso da época.

Os religiosos europeus, acusavam as bruxas de voarem nas vassouras, por estarem associadas com as forças obscuras, das trevas. Não preciso nem dizer que esta acusação partiu da bocas de perseguidores de bruxas.

Alguns wiccans afirmam que bruxas "voavam" em vassouras pulando no solo, do mesmo modo como as crianças em cavalinhos de pau, para promover a fertilidade dos campos.

Outros wiccans acreditam que as lendas de Bruxas voando seria uma explicação simples para a projeção astral.

O fato, é que apesar de todas perseguições, de todas as bilheterias milionárias e de todos os boatos e crenças, a vassoura é utilizada até hoje, pelos wiccans.

O wiccan pode utilizar a vassoura:

– varrendo levemente a área no início de seu ritual;

– Varrer a casa visualizando as energias negativas sendo ajuntadas e atiradas para fora de casa

Na verdade, as cerdas da vassoura não tocam o chão, a varredura é feita no ar. Precisa ser entendido que o ato de varrer é mais do que uma limpeza física.

A vassoura sendo vista como um purificador está associada ao elemento ÁGUA.

Você pode confeccionar sua própria vassoura ou pode comprá-la pronta e a enfeitar se assim desejar.

Para confeccionar sua própria vassoura, você pode usar o freixo (para o cabo) que, uma vez que o freixo está associado à proteção e a piaçava pode ser confeccionada com bétula e salgueiro que estão relacionados à purificação e a sagração da Deusa, respectivamente.

Com dificuldades em encontrar estes materiais, você pode confeccionar a sua própria vassoura, se utilizando do que tem nas mãos, ou fazer uma pequena com folhas de pinho.

O que vale a intenção e a consagração que deve fazer sobre o instrumento para que ele se torne "mágico".

Por falar em consagração, você pode acessar o link Rituais, desta mesma HP para obter sugestões de Consagração de Instrumentos.

(Texto extraído do livro: Guia Essencial da Bruxa Solitária, Scott Cunningham, Editora Gaia).

Poema de bruxa

27 jun

FASES E FACES…

Como a noite

A Lua que tece

A bruxa que sou

Nos caminhos compridos da alma

Nasce

Cresce

Foge

Renasce

Do fundo do meu próprio Eu

Como a Lua Negra se torna Nova

Para novamente crescer

E então Cheia, torna a fugir

Minguando no firmamento da existência

E fenece e torna-se Negra

Da mesma forma que eu

Da mesma forma que a bruxa que sou

Nasceu

Cresceu

Fugiu

Morreu

E renasceu

Como a Lua surge

Desaparece e ressurge

Em meio às brumas do infinito

E eu,

Só eu Bruxa

E a Lua Cheia, Deusa Mãe

A iluminar o mundo

Até tudo começar de novo!

Escrito em 11 de junho de 2004 ? 3° dia da Lua Minguante ? 8° dia do ciclo

©Morghana Silkmoon (todos os direitos reservados)

Castelo da Bran na Transilvânia

26 jun

Castelo de Bran

Construído na garganta de Bran, a 22 quilômetros do Predeal e a 30 de Brasov, o Castelo de Bran deve muito de sua celebridade à lenda tecida em torno do voivoda Vlad Tepes (Vlad, o Empalador), o inspirador da mítica figura do vampiro Drácula, cuja origem está em uma lenda surgida na Idade Média transilvaniana. E atmosfera medieval do castelo muito contribui para isso.

Tudo ali desperta o interesse de visitantes romenos e estrangeiros que, em grande número, vão ao Castelo de Bran, levados pelo desejo de descobrir alguma realidade na lenda famosa.

 

O castelo tinha um papel estratégico, tanto militar quanto comercial. É flanqueado por quatro torres correspondentes aos quatro pontos cardeais e suas muralhas são em pedra talhada. As peças e passagens encadeiam-se num labirinto misterioso e no pátio interno há poços interligados por uma rede de condutos subterrâneos.

Conservando numerosos elementos do estilo gótico, o castelo de Bran é atualmente um museu de arte feudal, onde estão expostas coleções de móveis, de armas e de armaduras datadas do século XIV ao século XIX. Nas na proximidade do castelo situa-se um museu etnográfico.A região de Rucã-Bran é também uma zona de turismo rural.