Arquivo | agosto, 2005

Tributo a Vinicius de Moraes

30 ago

Vinicius de Moraes


"São demais os perigos desta vida
Pra quem tem paixão principalmente
Quando uma lua chega de repente
E se deixa no céu, como esquecida
E se ao luar que atua desvairado
Vem se unir uma música qualquer
Aí então é preciso ter cuidado 
Porque deve andar perto uma mulher…"

Soneto de fidelidade

Soneto de fidelidade


De tudo, ao meu amor serei atento
Antes, e com tal zelo, e sempre, e tanto
Que mesmo em face do maior encanto
Dele se encante mais meu pensamento

Quero vivê-lo em cada vão momento
E em seu louvor hei de espalhar meu canto
E rir meu riso e derramar meu pranto
Ao seu pesar ou seu contentamento

E assim quando mais tarde me procure
Quem sabe a morte, angústia de quem vive
Quem sabe a solidão, fim de quem ama

Eu possa lhe dizer do amor (que tive):
Que não seja imortal, posto que é chama
Mas que seja infinito enquanto dure

 

Anúncios

Amor Lusitano…

26 ago

Portuga 

 

 

QUEM É VOCÊ?

ALÉM DO MAR…

DISTANTE DO MEU PAÍS.

QUE ME VIU COM MEDO

E ME DEIXOU ASSIM,

COMPLETAMENTE ZONZA…

SUBINDO PELA RAIZ.

GOSTEI DE TI,

DO JEITO QUE VOCE É…

IMPERFEITO COMO DIZ

E TÃO PERFEITO PRA MIM…

SÓ O TEMPO VAI DIZER

SE DEUS ME DEU VOCE

OU SE FOI SÓ FANTASIA…

TODOS OS SONHOS, TODOS BEIJOS…

O MEDO DE PERDER

AQUILO QUE NÃO SE TEM…

NOSSAS CONVERSAS, OS NOSSOS DIAS…

SÓ O TEMPO VAI DIZER

QUEM É VOCE

E SE SOMOS “NÓS DOIS”…

QUEM É VOCE

QUE  DEVOLVEU O MEU SORRISO,

A VONTADE DE CONTINUAR,

A CORAGEM PRA VENCER…

QUEM SOMOS NÓS?

ALÉM DA FANTASIA…

O TEMPO VAI DIZER

SE O QUE SINTO AGORA

VAI SOBREVIVER…

QUERO DAR TODO AMOR QUE TENHO

E TODO AMOR QUERO TER!

SEI QUE FUI EU QUE QUIS

TE FAZER FELIZ…

QUEM É VOCE

QUE  DEIXOU UMA SAUDADE,

UM DESEJO, UMA VONTADE…

SEM NUNCA ME TOCAR.

QUE APAGOU OS MEUS “POR QUES”…

QUEM SOU AGORA?

COMPLETAMENTE  TUA,

INTEIRAMENTE E PERTO…

TE CHAMANDO PRA VIVER!

 

Anjinha

Escritura de Posse

22 ago

 

 

 

 

 

29 Agosto de 2005

Vem esta escritura oficalizar a escravidao de xxxxxxxxx relativamente a xxxxxx:

Eu xxxxxxxxx   declaro-me voluntariamente  escravo de  xxxxxx, assim por este contrato, passo a ser propriedade de  xxxxxx que passará a ter os seguintes direitos sobre mim:

1- Poderá me usar ao seu serviço e ao seu dispor da forma que entender.

2- Tratar-me como ser absolutamente inferior e como quiser.
3-me usará da forma que quizer.

4-Punir-me da forma que achar mais adequada, podendo a punição ser beijos e carinhos diversos.

5-estabelecer codigos de comportamento e conduta . 
Usará  e submeter-me reduzindo-me á condição de mero objecto de seu desejo.

Eu xxxxxxxxx  passarei a ter os seguintes deveres relativamente á  xxxxxx

1-Submissão e subjugação total (sempre  diante dele)

2-nunca olhar nos olhos dele.

3-nunca ter vontade própia diante de  xxxxxx. 

xxxxxx fica obrigado a alimentar sua escrava de amor ( de forma que garanta a sobrevivencia deste) .

A relação entre  xxxxxx e xxxxxxxxx será de superior-inferior não tendo portanto cabimento qualquer direito de fuga para o escravo xxxxxxxxx

Assinaturas 
                     
xxxxxxxxxx                     xxxxxx

                                           

 

Pra ti…

21 ago

Luz da Alma

 

Eu tenho um amor imortal….Gosto do olhar, do cheiro…

Se toco chega a doer. Se estou triste é porque está longe…

E ainda assim vem me ver em sonhos.

Se estou feliz é por que está comigo, me completa…

Só choro quando o vejo triste. Me sinto impotente…

Vontade de apagar o interruptor da vida que o fez sofrer

e viver com ele no escuro, seguindo a luz da alma.

Eu o amo e procuro fazer dos seus dias um paraíso melhor…

É só uma recompensa por ele me fazer sentir tão importante.

Eu seria capaz de desistir da vida se só tivesse ar pra um de nós.

Viveria em função de esperá-lo chegar até  mim no céu…sim , no céu.

Pois quem ama como a gente  merece,  no  futuro,  um encontro com Deus!

Esse meu amor está na minha alma, na minha mente…esperando o momento ideal de se fazer presente.

 

Angela

 

Piada de loira

19 ago

>>Uma loira muito sensual entrou num cassino.
>>
>>  >Trocou dez mil dólares por fichas e dirigiu-se à
>>
>>  >mesa da roleta.
>>
>>  >Lá chegando, anunciou que apostaria todo o seu
>>
>>  >dinheiro e que acertaria os números em um único lance. E,
>>
>>  >fitando os dois empregados responsáveis pela roleta acrescentou:
>>
>>  >- Olha, espero que vocês não se importem, mas
>>
>>  >tenho mais sorte quando estou  toda nua…
>>
>>  >Dito isto, ela se despiu completamente, e depois
>>
>>  >colocou as fichas todas  sobre a mesa.
>>
>>  >Inteiramente abestalhado, o "croupier" acionou a
>>
>>  >roleta.
>>
>>  >Enquanto esta girava, a loura cantava:
>>
>>  >- MÃEZINHA PRECISA DE ROUPAS NOVAS! MÃEZINHA
>>
>>  >PRECISA D E ROUPAS NOVAS!
>>
>>  >… Assim que a roleta parou, ela começou a dar
>>
>>  >grandes pulos e a gritar:
>>
>>  >- GANHEI!!! GANHEI!!! QUE MARAVIIIIILHAAA!!!
>>
>>  >GANHEEEI!!!
>>
>>  >Ela então abraçou e beijou cada um dos croupiers.
>>
>>  >Em seguida debruçou-se sobre a mesa e recolheu todo o
>>
>>  >dinheiro e as fichas.
>>
>>  >Vestiu-se rapidamente e se mandou.
>>
>>  >Os croupiers se entreolharam boquiabertos.
>>
>>  >Finalmente, um deles,voltando a si, perguntou:
>>
>>  >- Em que numero ela apostou, você viu?
>>
>>  >E o outro:
>>
>>  >- Eu não… Pensei que VOCÊ estivesse olhando…
>>
>>  >
>>
>>  >Moral: Nem toda loira é burra, mas HOMEM É TUDO IGUAL
>>.

Comunicado Importante!!!

15 ago

DIGA SIM AO DESARMAMENTO!!!
NÃO FIQUE DE FORA!!!

DÊ UM BASTA A TANTAS MORTES NO BRASIL!!!

 

Referendo de Outubro

 

O referendo é outra forma de consulta popular sobre matéria de acentuada relevância, na qual o povo manifesta-se sobre uma lei após ela estar constituída. Assim,o cidadão apenas ratifica ou rejeita o que lhe é submetido.

É isso que ocorrerá em outubro deste ano com o Estatuto do Desarmamento. O povo será chamado a se manifestar quanto ao art. 35 da lei que diz: “É proibida a comercialização de arma de fogo e munição em todo o território nacional, salvo para as entidades previstas no art. 6º desta Lei” (rol dos agentes que podem portar arma de fogo).

Como este artigo causará um impacto sobre a indústria brasileira de armas, a população dirá se concorda ou não com ele. Caso a população, em maioria simples, referende esse artigo, isto significará, em última instância, um desarmamento total do cidadão comum.

 

Vá … mais que um direito, é um dever de cada um!!!

Estou de volta com muito mais estórias pra contar…

14 ago
E com muito mais sede de sangue…deixe aqui um pouquinho do seu!!!